PET FRIEDLY: OS SEGREDOS DA BOA CONVIVÊNCIA.

Pets no condomínio

A convivência com animais de estimação pode virar um sério ponto de estresse em um condomínio. O primeiro passo para evitar problemas e discussões é conhecer as regras da convenção coletiva do seu prédio e quais as condições necessárias para ter um bicho de estimação no seu condomínio ou apartamento.

Outra questão importante é descobrir qual a raça mais adequada para dividir o espaço com você. Animais de porte médio e grande não se adaptam muito bem a apartamentos. Nesse quesito vale pedir a ajuda de um veterinário.

"Em termos de estrutura, nossos empreendimentos residenciais já contam com uma área específica para os donos passearem com seus bichinhos, o Pet Place", diz Marcelo Yunes, sócio da Yuny.

Em respeito às regras da boa convivência, é recomendável seguir alguns procedimentos quando for circular com seu companheiro canino:

* No elevador Em geral, a regra básica é que o animal só pode utilizar o elevador se estiver no colo do dono, e de preferência utilizar o elevador de serviço, se possível.

* Barulho constante A melhor maneira de evitar reclamações é descobrir o que faz o animal ficar exaltado. Ensinar o comando "quieto" desde filhote também pode ser útil. Pode parecer obvio, mas levar o animal para passear diariamente ajudará a mantê-lo mais calmo e tranquilo.

*Higiene Ao sair com seu pet, lembre-se sempre de levar um saquinho para recolher as necessidades deixadas no local.