CORRETORES: CAPACITAÇÃO É PEÇA-CHAVE NESSA EQUAÇÃO

Corretores capacitados

Em um momento de reacomodação para o mercado imobiliário, corretores capacitados e atentos às oportunidades de negócios trazem benefícios tanto para quem vende quanto para quem compra. "É uma relação ganha-ganha quando você consegue entregar um produto que atende aos desejos do cliente e a atuação do corretor é fundamental nessa equação", observa Marcos Yunes, sócio da Yuny Incorporadora.

Regulamentada no Brasil em 1962, a profissão completa 55 anos em 27 de agosto com algumas vitórias. A principal delas foi ter deixado para trás o estigma de vendedor para assumir o papel de consultor imobiliário, com repertório amplo e capaz de se comunicar com os mais diversos perfis de clientes. Atingir esse perfil exige muita dedicação e estudo.

Para atuar na área é preciso ter um título de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) e se inscrever no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) do seu Estado. Atualmente, com o avanço da profissionalização no setor, algumas Universidades têm oferecido cursos superiores de gestão e negócios imobiliários, com duração de dois anos.

De acordo com dados do Conselho Federal de Corretores Imobiliários (Cofeci), atualmente no Estado de São Paulo existem 179,4 mil profissionais registrados no Creci-SP, sendo 117,6 mil ativos.